25 de março de 2010

  ─ “Esse tal viajante que é o amor... Fugiu de mim, para me encontrar quando eu estiver perdido. Essa tal de estabilidade que lhe faz louco por se incomodar por um outro.”

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...