25 de março de 2010

"Pare seu choro, isso é uma mentira. Tão como você começa e para. Você sorri e destrói este brilho. Você quer, e então tem todos os brilhos."

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...