9 de abril de 2010

"Eu podia ver aqueles olhos claros e suaves, uma expressão facial que parecia sorrir, inocente? Difícil de acreditar quando pra mim, qualquer inocência é a fonte dos mais puros perigos."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...