27 de abril de 2010

    ─ “Ilustres figuras passarão por aqui
Por onde teus passos pisaram
Lá se passou outros
Por onde os meus passou
Os teus antes estiveram

Majestades não me chamam a atenção
O que? Ah, o poema. . .
As imagens do infinito me importam
Pois as fagulhas do meu ser
encontro em horizontes não vividos.

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...