29 de abril de 2010

       ─ Linda mulher, que admirava o luar, e no interior morava...
"Amou tanto que quando deixou de amar um, amou a si para compreender que eras puro amor, pessoa. Deixou-se dispersar nas nuvens para então se encontrar nas mais altas montanhas, para que pudesse encontrar novos amores. Uma caipira, que não é abestada, mas sente que pode voar mais alto dos que as próprias alturas das nuvens."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...