6 de abril de 2010

*Não deixou um tempo passar, só não aproveitou... Mas agora nota que tem 'tempo' o suficiente para conseguir o que não pode antes*

Deixe-me compartilhar com você uma memória

Dentro desse sonho, há uma imagem da morte E ela me leva onde há um saco de ossos Em que ali está o meu nome E pelo corredor daquele vale...