13 de maio de 2010

As árvores imponentes, um lugar destemido e florido
Você só pode sentir, apenas escute
Lhe dando tudo o que quiser, aqui é o amor
E lá longe por detrás das montanhas a dor
Caminho único para percorrer
Estradas para caminhar
Mundos para se atravessar, pontes para ver os mares
Coisas que eu nunca conheci vem & vão
Alguns heróis morrem, o meu morreu
Das coisas que fiz, não me perdoar
Meu caminho me dá estradas, meus pensamentos
Nem sei o que me deram, penso no que me dará
Invencível quando penso duas vezes
Quero um dia ter o que perder
Eu quero alcançar o céu, porque o meu amanhã
Poderá não me chegar
È sobre você & Eu
"As feras rugem, sobre uma floresta
Sobressalto as nuvens em sossego
E acordo para um novo dia
A cantar com os pássaros!"

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...