18 de maio de 2010

“Não tema a isso um dia acabar. Tema a um dia não poder viver aquilo que lhe faz bem pelas verdades. Pois as coisas que não nos fazem temer e sim chorar, nos provém de nada sentir e num outro dia esquecer. De um lado pode viver o amor, de outro, só o que já viveu. È como estar diariamente olhando nos olhos e nada ouvir. Como ouvir e nos olhos não ver.

Nós que confiamos em Deus, sabemos que não é  porque podemos uma ou outra coisa que a vida se realiza ou está realizada, mas é na superiorid...