11 de junho de 2010

"È sempre que respiro, que posso ler aquilo que minha mente me permite a escrever...

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...