1 de junho de 2010


Ela é uma criança que pode até ouvir o ursinho... Tendo seus olhos fechados, pode se imaginar numa terra onde o ser humano, só constrói a flora. E deixa de inventar as máquinas! Ocupando o seu próprio lugar terrificante de se viver e respirar a imensidão dos campos floridos. Ela ao despertar tende-a a chorar, pois até as mãos que formam as máquinas pesam somente de lhe apontar. Não deve-se fazer uma criança temer, pois ensinando a cultivar o que é bom, ela então nos será reserva de alegrias.
Uma imagem linda, para um viajante... Dedicado a Sara//.

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...