15 de junho de 2010

Mais louco do que eu quero que exista. Pois não é a loucura que faz dum homem tolo. Mas é aquilo que ele faz sem temer que o torna homem de verdade antes de qualquer loucura. Ou em qualquer canto que ele esteja, não é as palavras que ele diz. Para o fazer uma pessoa boa, antes de qualquer maldade que o digam sem mesmo existir.
"Que o bem exista num ser que faz o bem, que o mal seja algo bom que o dizem ser mal."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...