10 de julho de 2010

Minha pretensão é EISTENIANA; Inventa para não patentear. È anartria; Que ao ouvir a mais doce sinfonia paralisa-se, impossibilitando as palavras.

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...