1 de julho de 2010

       "O pecado mora ao meu lado, e eu moro ao lado dele. Impossível, eu não saber que posso errar. Eu moro do lado céu. E o céu mora acima de mim. Difícil será ele me tocar. E fácil será eu vê-lo. Uma flor em qualquer lugar realça meu sorriso. Em qualquer lugar é onde posso te encontrar. Deve ser por isso que aqui estou. Só para saber um pouco mais de mim, ou de você quando lhe conhecer."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...