Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

sábado, 8 de janeiro de 2011

Deterioriza o ontem jaz morto
A noite que caiu para se findar num dia
Esconder-se por detrás dos montes ramados
Que se cobre de nuvens e céus anis
Candeia o olhar e o pensar cansado
Esquece o que se queriam dito
Talvez haja um motivo de riso escondido
Mas longe daqui e do além
Através da realidade que se explica
Tende-a florir com vigor
Revive as chamas que se acendem
propicia as magias naturais de ser
Marca as que se passam
Entende o momento que se vive
Nem tudo cresce e algo ignora
O arranha-céu além-mar de águas
Sabe que pode bem voar
E tudo ser quando se deseja bem
Investe no que se não têm ainda
E pensa nas coisas como não existe
E hoje tudo renova-se, sentes
O ar íngrime que escorre o vento
Passa por mim e logo se vai
Vem o que nem havia ainda
"Tudo novo só para inovar o velho."