17 de fevereiro de 2011

"Alguma coisa se vai quando não esperamos
Quando esperamos, o que por fim nos chega?
Os ramos distantes que nos aproximam
Por simplesmente imaginar, que a chegada
Sempre vale mais do que o que se foi por fim."

O elixir da vida

Que frui como fumaça espessa e sem pesar Não faz desvendar nenhum mistério Onde olhos algum vê, sente a alma e morre o corpo E no além d...