29 de março de 2011

"Horas da vida."

. Te mandarei versos...
Pois os dias de ontem,
São dias de um ano
Dias como apenas dia
Que se passa e vem
Noites que se achegam
E dias que se cabem em fim
A chave do tempo, oras, de dia!
E horas da noite
Ora, o tempo, ora a vida
E horas da concepção
Contradições, entre dois muros
Céu e terra, o que tem poder?
O controle nas mãos
A exigência batida a mesa
Recurso de naturalidades,
Céus sem fins...
Concentra a energia
E vibra como um raio,
Liberdade de escolher
O poder!
O espiritual, perdido na alma
Acalma, antes que é hora.

PoetaLuar,

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...