16 de outubro de 2011

"Antes que tudo torne-se inconsciente de atos, presencie os sentidos possuídos. Se despertados, à razão para a consciência, se ainda adormecidos pelos temores, uma vazão para que não haja sentido na vida."

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...