4 de outubro de 2011

"As pessoas se esforçam para estarem entre os primeiros. Os que não admiram esperar por um momento sóbrio de merecimento. Essa é a questão que faz as ilusões se desdobrarem, vindo durante uma noite quase impossível de ser bem dormida. Melhor é lembrar de nossos sonhos e assim quem sabe viver na primeira linha. Consistir sem tanta emoção, acreditar que dançar na chuva se pode recuperar a fé perdida."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...