5 de novembro de 2012

"Eles fugiram pensando haver o medo
E as coisas começaram a se massificar
Apreensivos subiram a crista de uma lua vermelha
Uma magia cintila sobre os ventos

E se levanta majestosamente,
Como um sopro sobre ondas noturnas
Que vaga o horizonte perdido
Afim de encontrar-se nas nuvens."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...