27 de janeiro de 2013

"Que eu seja guiado pela fé, para que depois eu possa aconselhar
Que nenhuma paixão venha a seduzir-me para o engano
Que nenhum poder, venha a corromper-me pelo prazer
E que as riquezas não venham a cegar-me, pois meu desejo é de viver e vencer as ilusões do mundo. "

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!