8 de outubro de 2013

"Porque o amor é como uma gota de orvalho! Que só se sente quando  toca a face e molha um corpo desnudo das paixões e temporadas. Porque o amor, é como um uivo que quando entoa de longe se sente. Caminha ao nosso lado feito sombra sem se notar, que passa e leva folhas secas além do nada. Uma janela que se abre para o horizonte e desenha as entrelinhas do profundo pensamento que blinda o nascer de um sentimento."Lua que se dá para o sol, dia que se dá para a noite." È ponte eterna para as passagens do presente,que faz nascer o futuro além de uma só estrada, é um passo que encontra outro sem ter rastros. Canção que alcança mares e desfaz-se por todas as ondas pesadas."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...