Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

"O que ultrapassa os trilhos,

Corre devastandos as folhas
Trazendo novos ares, como quem vê
Que o que sente esta nas linhas
Que atenuam os momentos

Trazendo a razão de um devaneio
Assim quando chove e molha os campos
Sendo uma criança o dom da ternura
Que dedilha mil notas fazendo uma canção

Brilho de uma luna distante
Que alumia a cidade do sonho
Palpita o pesadelo a realidade
Ao quem dera despertar junto ao dia que nasce

Trazendo o sol para se deixar a lua
Que demora a surgir em seus tempos
Que nunca se perdem, mas voltam
Para tudo realizar como a sensação do destino

Coração que palpita a mente,
A que decifra o sentimento
De deitar-se ao leo do inverno
Pensando em todas as primaveras que se forão.