14 de novembro de 2013

Passa assim,

"Os sonhos por todos,
Os que insistem  ternas realidades
Detrata os sentidos e o segundo
Trás o momento e realiza o futuro."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!