7 de junho de 2014

"È que todas as estrelas,
São suspensas pelo ar
Assim se faz dia,
E também há noites

Por isso aqui o vento sopra
E muda o cantar dos pássaros
È que pela noite, há frio no deserto
Que procuras aqui?

Já que pela noite
Somente a voz que se lança ao luar
Pode encontrar terna segurança
Em crer naquilo que é invisível."

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...