7 de junho de 2014

 "Pois há luz em teu olhar, transcende as velas que iluminam a casa. E dança feito um encanto a luz da lua do lado de fora. Desvenda os montes e mexe as estruturas dos elementos, tem o vestido rodado, lilás, e baila assim, feito o vento a estrelas minguantes."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!