10 de agosto de 2015

"Porque de todas as razões que temos, uma basta: Existir... A certeza do que há dentro. O que dá sentido para as coisas que estão do lado de fora. Um dia pensei ser o ponto mais elevado, mas o fato é; nunca seremos mais elevados do que nossos corações. Tão pouco melhores um do que os outros. É necessário saber que ser livre é diferente de aproveitar a liberdade.
É crescer em meio ao movimento da vida, que nunca é como queremos, e que na maioria das vezes nos reserva surpresas ruins. E notei que envelhecer é um dos dons mais belos que a vida pode nos dar, porque; Porque notamos que há verdadeira importância em aceitarmos o crescimento e que o esquecimento é a força da vida. Note bem, haverá sempre uma razão para que morra a flor, é preciso dar-se aos novos perfumes, é necessário ir mesmo sem motivação. É certo de que temos que nos deparar aos erros, só assim será necessário que venhamos a acertar, a concluir o fim de cada dia, com a certeza de que mesmo errando, somos parte de uma perfeição intocável. E se quer sentir a vida, tenha a certeza de que tudo o que se foi, não volta mais. E tudo o que virá amanhã, faz parte do que pensa agora."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...