17 de novembro de 2015

ㅤㅤ─ “ Porque tudo que se move, tem vida. E tudo que permanece, vida tem pelos olhos que o vê. Seja o vento passageiro, seja a chuva permanente. Em nós sempre haverá uma interior razão em querer existir, sobre tudo, quanto nós somos e fazemos. Nada vale, senão crer que somos nós, feito para nós mesmos. Como nossa sombra que por nós passa, e nunca percebemos. A única coisa, que sempre e realmente permanecerá, a sombra de nós e os pensamentos derradeiros.

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...