24 de novembro de 2016

"Sobre e por diante de todas estas coisas que vejo. Sou pequeno para compreender, quantos anos tem exatamente estes arvoredos. Mas por estas mãos pequenas, que colhem os limões acima de mim. Faz-me compreender, que é dessa forma que se pode alcançar a realização dos impossíveis. Não questionando e buscando respostas naturais. Mas dedicando meus passos, a chegada final de uma etapa, para idealizar a aproximação do Invisível intocável, que sozinho podemos realizar."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...