26 de dezembro de 2016

Deixe-me entender este seu caminho,
Ver-te pelos passos, e amar-te pelos defeitos
Que expressam teu ser profundamente,
Assim se faz existir teu interior, declina...

Teus pés as rochas, e faz existir
Um aroma, chamado também, coração
Inspira os medos, e faz-me ir,
Sempre além do que dizem ser

Porque em mim, tu és, fonte real
É desejo contido sobre mim, para as coisas
Que passam e deixam falhas,
Porque meus pés, são vida que inspira

E me guio pelos teus passos, Soberania
Como tal divindade que em meu ser,
Faz-me crer que além de mim, há outros
E vivo, desperto como um rochedo alto

Que supera os descaminhos, e se encontra
E morre sempre para os ruídos, pois prefiro ver-te
Oh vida! Divina ...
Sou teu sonho, assim realizado.

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...