10 de junho de 2017

# Não me negue teu riso, teu intervalo
Em existe e eu te sonhar
Porque ele faz-me espantar as minhas desalegrias
Nem me deixe pensar tanto
No quanto faz-me sorrir,
e alegre sou contigo
Não me negue tua presença,
ela preenche em mim,
Todas as lacunas,
Não me deixe viver sem ti,
Senão eu morro.#

O elixir da vida

Que frui como fumaça espessa e sem pesar Não faz desvendar nenhum mistério Onde olhos algum vê, sente a alma e morre o corpo E no além d...