15 de março de 2018

"Por mínimo que seja o movimento, faz barulho. Não há barulhos, há moveres. E somente ouvimos o som do movimento que reparamos em ver para deixar os sentidos perceberem. E então, as cores dão nomes ás coisas todas que existem".

Os demônios

Os demônios A penumbra da madrugada fria Onde estreitos eixos se debatem Como um finíssimo aço na mata que se propaga Um saco de ossos v...