6 de março de 2018

"Tenho trocado a realidade pelos bolsos vazios, mas cheios de sonhos. Trocado as vestes que brilham cheias de máculas por uma roupa leve para sentir e dominar o meu corpo. Trocado as festas que despertam as ressacas para ressuscitar outros sonhos. Trocado minhas vontades, para descobrir meu verdadeiro propósito. E tenho descoberto que a arma do vencedor, não é a vitória, mas a busca dela por cada manhã. E não tenho aprendido com os meus erros, mas com os erros dos outros".

Essas sensações que me surgem e me tomam por suas cores invisíveis e de finitudes indomáveis. Me fazem saber que estou no caminho certo, não...