22 de dezembro de 2009

    ─ Ei, será que você realmente é o único que se sente mal, e tem impressão de que seu mundo vai desabar? Um olhar é o que ponha o ritmos aos pés. Ainda que não soubesse disso, deveria lembrar que seus olhos vêem a verdade. E seus pensamentos sorvem o que dizem. Não é estranho? Eu estou vendo o que acontece agora. Você sente-se com vontade de sorrir, porque descobre que tudo é simples assim...
Jogue uma pequena pedrinha na água, e verá o efeito de ondas que ela causa. È como se agora tivesse a certeza de que cada ação cometida terá uma consequência. E quem sabe se agora soubesse que apenas vagar pelo que pensa, iria para sempre te afogar em indesejadas sensações. È o que estamos vendo agora! Não adianta, se esconder com uma maquiagem diferente ante ao seu espelho. Ele só reflete o que está a sua frente, é tudo natural. Diz para si mesmo que isso nunca mais irá acontecer novamente. Ousará jogar tudo que lhe faz mal para baixo. E segurar com os olhos o que lhe trás bem. E assim saberá o quanto sua vida pode ser maravilhosa. Você enxerga por simples palavras, que sua vida é contada. E mais do que se pode imaginar... De sua vida, seria apenas parte de um conto, num livro que pode se tornar história.

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!