3 de maio de 2010

"E o mesmo castigo que teve... Tem a mesma partida dos risos, não como uma troca. Mas como um querer que lhe tira de qualquer sofrer. Uma realidade que lhe faz deixar de ter, pode se tornar um mundo de imaginação que te fará conquistar. Não ouros, pratas... Mas fazer-te viver e durante uma noite de sono, apenas sonhar!"

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...