6 de setembro de 2010


Então sinta, o ar pesado carregar toda fraca fragrância dum sorriso ...
E sinta a suavidade de uma noite que cai, seresteira ...
Traz consigo a fragrância da vida,
que nasce a cada amanhecer, tenha sol; ou nuvens nubladas
São estes tons que dão nome as coisas,
pois não é a nuven que dá cor ao branco brando até dos ursos polares ...
Mas sim, o tom branco que dá vida ao urso polar ...
Você se encontra, quando sente sua imaginação colorir as nuvens escuras,
E teus sentidos, apreciam o que é vida.

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...