26 de dezembro de 2010

Por este segundo,
Me vejo numa espreita
De folhas e ao longe mastros
Curvados a beira-mar
Uma garota dança
E caminha pela areia,
Desvanece sobre a neblina
Me vou por detrás
Dos montes, e lá
Aonde esconde-se
O perigo, a desvendarei.

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...