26 de outubro de 2012

"Tomando uma posição, corroemos o medo de forma que ele não passe de uma sentinela para outra razão. Se seguir o mesmo caminhe, opite por enxergá-lo de outra forma. Ande, sempre por uma nova estrada em teu caminho."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...