26 de abril de 2013

" .Sempre quando paro para observa-lhes, noto que há além do que meus olhos possam ver. Mas será que nota que há algo além do meu olhar e gestos?

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...