23 de abril de 2013

    "Eu esqueci das suas rosas pelo caminho. Dispersando cada uma das suas pétalas... Só para que eu me recordasse do meu caminho de volta, quando você então não mais possuísse o perfume a qual eu mais adorava... "
                                  (Fragmentos)

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!