12 de dezembro de 2014

    "Ninguém quer morrer para salvar o mundo! Custa caro estar vivo meu amigo, e você não desjaria ser criança novamente por apenas mais um minuto?"

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!