19 de junho de 2018

E queira conhecer. Ter, ser, transformar impedindo o estacionamento da vida pelas emoções.
Esqueça  profundamente essa filosofia do passado: de quê queria ou poderia, e que teria sido diferente.

Pois pensamentos são como poeiras e o movimento consciente do querer realizar, faz do sonho a ponte de satisfação em obter o resultado. Ao invés de ver a vida como um conto de fada, cheio de suspiros e de páginas em branco.

Pois: páginas em branco, revelam a intensidade que a vida quer se realizar em nós. Rabiscos surgem, pela falta de capacidade em desprezar o destino dar sentido a força do esquecimento da vida pelo que ficou para trás , assumir apenas a responsabilidade de ser a matéria-prima, em que a alma como autora da história, realiza a obra-prima, que somos nós.

Nossos maiores e piores inimigos também!

Gosto da palavra Que forma o verso E dá sentido ao pensamento Tudo pela metade Significa nada É como suicidar o pouco que se sabe E tr...